Arquivo da Categoria: Pessoal

Sugestões para o Dia das Bruxas (Halloween)

O Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma festividade oriunda dos países anglo-saxónicos que tem crescido em popularidade em vários países como no caso de Portugal.

O dia de Halloween é celebrado a 31 de Outubro e representa uma oportunidade para celebrar e festejar e usar fantasias. Como manda a tradição devem ser utilizados disfarces.

Procura sugestões?
No site da loja Máscaras poderá comprar a bons preços máscaras, disfarces e presentes para Halloween (e também para outras festividades). Tudo com a segurança eBay. Poderá ainda saber mais sobre a história da Máscara.

Sobre a origem do Halloween
A origem do Halloween remete para as tradições dos povos da Gália e das ilhas da Grã-Bretanha entre 600 a.C. e 800 d.C. A versão americana nada tem a ver com os primórdios da tradição, embora actualmente os Estados Unidos tenham influenciado outros países (da Europa) com o seu Halloween.

Contudo quem levou o Dia das Bruxas para os EUA foram os emigrantes irlandeses (são sempre os irlandeses lol).

Estudo de caso (resumo): Publicidade

Na última semana estivemos a fazer tracking, através do OpenX, dos anunciantes do nosso blog.

Nos últimos sete dias cada um dos nossos anunciantes teve mais de 120 cliques diários com CTR’s superiores a 6,30%.

Parece que os 10 euros de investimento foram bem melhores que gastar o mesmo valor numa campanha AdWords no que diz respeito ao CTR.

Ficam aqui as estatísticas de um anunciante:
Impressões      Cliques      CTR
13.282               925         6,96%

Já agora agradeço aos anunciantes:
Andaler
DinheiroOportunidade
Máquina do Dinheiro

Para além de serem nossos anunciantes, todos têm blogs de qualidade e são uns tipos porreiros. Por isso não deixes de os visitar e comentar no seu blog.

Dilema resolvido

Como tinha dito no final do post Dilema, já tinha decidido o que fazer em relação à questão de ser ou não um blogger a jornada inteira.

Vou então partilhar o que decidi.

Decidi continuar a dedicar-me a ambas as vertentes. Pronto esta é a altura em que muitos de vocês dizem “Que tótó! Se fosse ganhar tanto dinheiro como ele, nem pensava duas vezes.” Para essas pessoas eu tenho algo a dizer: já gostaram mesmo de alguém? E gostaram por esse alguém vos pagar? Um emprego deve ser o mesmo, dentro do possível. (Pelo menos deveria.)
Quantas pessoas conhecem que estão descontentes com o que fazem mesmo a ganhar bem? Numa primeira fase ganham bem mas como não fazem o que gostam acabam por desmotivar, o que se repercute na sua produtividade e que acaba por por em risco o emprego.

O que eu quero dizer é que se deixar de fazer o que realmente gosto, a vida não não vai ser tão boa. E a partir do momento em que se tem um rendimento aceitável que permite ter comida na mesa e alguns extras, não vejo necessidade de ser milionário pois gosto do que faço e chego ao fim do dia a pensar isso.

E tu?